Mostrar mensagens com a etiqueta artrite psoriática. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta artrite psoriática. Mostrar todas as mensagens

sábado, 2 de junho de 2018

A psoríase tem cura- saiba as causas

O seu médico tradicional concerteza lhe dirá se a psoríase tem cura. Certamente lhe dirá que não. Isso talvez seja verdadeiro para ele porque os médicos alopáticos (1) não entendem ou não querem entender as causas da psoríase. Eles estão convencidos que de que a psoríase não tem cura.

Por esta razão eles receitam drogas e cremes que contribuem para agravar esta doença dolorosa.

Quem cura uma doença pode ser muito competente mas quem a previne é muito mais eficaz.

A psoríase é uma manifestação externa em que o corpo se tenta livrar através da pele de toxinas internas. Explicando de outro modo, a pele está a fazer o que os intestinos e o fígado deviam fazer. A pele não tem características para eliminar as toxinas que possam existir no corpo em grande quantidade.

O síndrome do intestino permeável provoca uma sobrecarga de toxinas que entram no sistema circulatório o que torna difícil a tarefa de eliminar as toxinas. Este excesso de toxinas a serem eliminadas pela via cutânea provoca erupções cutâneas, irritação e lesões na pele.

Deixe de olhar para a sua pele como a causa. As doenças de pele são só um sintoma e um sinal do que está a acontecer dentro do seu corpo.

Existem alguns tratamentos para aliviar o desconforto que está a sentir externamente. Deverá procurar informação sobre esses tratamento, aqui neste blogue ou noutro local credível.

O seu foco deve ser naquilo que está a acontecer dentro do seu corpo que cria problemas na sua saúde. Este é um trabalho interno.

Existem três pontos a considerar neste trabalho interno:
  1. Desintoxicar o seu corpo;
  2. Use nutrição de apoio para curar completamente seu corpo;
  3. Mude para alimentação alcalina com produtos naturais orgânicos e continue com essa dieta alcalina para que os sintomas nunca voltem novamente.
É possível ter sucesso neste trabalho interno. Milhares de pessoas conseguiram obter melhoras em todo o mundo.


A pergunta que se põe é: a psoríase tem cura? A resposta é positiva: Sim. 

Deve procurar caminhos naturais para se libertar de uma vida de dores, desfiguramento e despesas avultadas pela sua psoríase.

Para mais investigação leia: "There is a cure", Edgar Casey, reference 2455-2 (Virginia Beach: The Edge Casey Foundation, 1971).


(1)Alopatia é um sistema terapêutico que trata as patologias pelos meios contrários às mesmas, através de medicamentos com acção sobre os sintomas. É a medicina tradicional.

domingo, 24 de janeiro de 2016

Corpo converte a luz solar em vitamina D

O nosso corpo tem a capacidade de produzir a sua própria vitamina D quando a pele é exposta aos raios ultra violeta do sol, mais especificamente à radiação ultravioleta (UVB).

Quando os raios ultravioleta atingem a nossa pele acontece uma reacção química: o nosso corpo inicia o processo de converter uma hormona da pele em vitamina D,

Neste processo, uma variante de colesterol chamada como dehydrocholesterol 7 (7.DHC) que se encontra naturalmente na nossa pele, absorve a radiação UVB e converte-se em Colecalciferol. Colecalciferol é a forma de pré-vitamina D3.

Em seguida a pré-vitamina D3 vai para o fígado onde começa a ser metabolizada transformando-se em hidroxivitamina D que também é conhecida como 25-hidroxivitamina ou 25(OH). Depois os rins convertem a 25(OH) em hidroxivitamina D também chamada de 1,25-di-hidroxivitamina D ou 25 (OH) 2D, sendo esta a forma hormonal da vitamina D que o nosso corpo pode usar.

Estima-se que devemos obter mais de 90% da nossa vitamina D através de exposição solar. Isto significa que precisamos de 5 a 30 minutos de exposição desprotegida do rosto, braços, pernas ou costas entre as 10 horas da manhã e as 15 horas da tarde, de duas a três vezes por semana.
...

Porque será que a indústria farmacêutica recomenda tanto a utilização de protectores solares? Porque será que há tanta gente com doenças auto-imunes devido à falta de vitamina D e dependente de tomar anti-inflamatórios?

Que negócio é este?

Veja uma alternativa de obtenção de vitamina D3 através da utilização de produtos naturais.

sábado, 3 de maio de 2014

Dieta artrite de John Pagano


Dieta alcalina

Cura natural da psoríase, eczema, artrite psoriática e emagrecimento saudável

A aprovação pelo seu médico pessoal é essencial antes de embarcar nesta ou em qualquer dieta alimentar.

Evite qualquer alimento que provoque uma reação alérgica, mesmo que esteja na lista de permitidos.


80 por cento / 20 por cento - rácio de alimentação

Oitenta por cento da ingestão diária de alimentos deve ser seleccionada da lista a seguir, a maioria dos quais são formadores alcalinos (base):
  • Água - de seis a oito copos de água pura por dia, além de todos os outros líquidos consumidos. 
  • Lecitina - Granular - 1 colher de sopa três vezes por dia, cinco dias por semana. 
  • Frutas - Frescas é o preferido, congeladas são permitidas ou embaladas em água em frasco de vidro na ocasião. Frutas cozidas são altamente recomendadas, sempre que possível.
  • Admitidas - Maçãs (cozidas), damascos, a maioria das bagas, cerejas, tâmaras, figos (sem enxofre), toranja, uvas, kiwis, limões, limas, manga, nectarinas, laranja (a), mamão, pêssegos, pêras, abacaxis, e pequenas ameixas.
  • Permitidas em menores quantidades - abacates, arandos vermelhos, passas, ameixas e grandes ameixas. Note-se que maçãs cruas, bananas e melões são permitidas desde que sejam comidas sós e com moderação.
  • (a) Não são permitidos morangos ou frutas cítricas em casos de eczema ou artrite, nem morangos em casos de psoríase.
  • Vegetais - O consumo diário deve ser de três que crescem acima do solo para um que cresce abaixo da terra. São preferíveis os frescos, congelados são permitidos ou embalado em frascos de vidro de vez em quando.
  • Admitidos - Espargos, beterraba, brócolos, couve de bruxelas, repolho, cenoura, aipo *, pepinos, alho *, alface *, (alface romana, em particular), cebola, azeitonas *, nabo, abóbora, cebolinha, soja, espinafre, couve *, feijão de vagem, abóbora, batata doce, agrião * (Nota: Os que estão marcados com um asterisco são particularmente importantes).
  • Permitido em menor quantidade - Milho (milho branco é o preferido), feijão, lentilhas, cogumelos, ervilhas e ruibarbo.
  • Sumos - A ingestão diária de vegetais preparados na hora e sumos de fruta é altamente recomendado. O investimento mais valioso num aparelho de cozinha é num espremedor ou liquidificador. Mais eficaz é um copo por dia de cenouras recentemente moídas, aipo e alface.
  • Diversos - As amêndoas são alcalinas na natureza. Sugere-se que se comam cinco amêndoas cruas por dia. As avelãs são permitidas ocasionalmente, bem como castanhas e coco fresco. O vinagre de cidra de maçã, usado com moderação, é o único tipo de vinagre permitido.

Vinte por cento da ingestão diária de alimentos deve ser selecionado a partir do seguinte, a maioria dos quais são formadores de ácido:
  • Grãos - A maioria dos grãos são formadores de ácidos (exceto milho) e deve ser consumido na forma de produtos naturais de grãos integrais, como pães, cereais (com poucos, ou nenhuns, conservantes ou adoçantes artificiais), bolos, massas (alcachofra de Jerusalém é a preferida, com azeite e molho de alho), arroz (o integral é o preferido e / ou o selvagem) - sem produtos de farinha branca.
  • Carnes - evitar carnes vermelhas.
  • Peixes - de água salgada, fresco ou congelado - ou de água doce. São permitidas as variedades de polpa branca, mas escuro e o oleoso é o preferido (nada de mariscos). Se enlatados, são permitidos os embalados em água ou óleo (de preferência azeite). O peixe é sugerido cerca de três a quatro vezes por semana.
  • Aves - Frango, galinha caseira, peru, galinha selvagem (todos sem pele, carne branca é a preferida). Aves é permitida sobre duas ou três vezes por semana.
  • Cordeiro - Retirar toda a gordura antes de cozinhar, bem cozido, uma ou duas vezes por semana (nunca frito, e não mais de 4 a 6 onças, mais ou menos 113g a 170g, numa refeição).
  • Lacticínios - Só produtos com baixo teor de gordura e baixo teor de sódio  baixo são permitidos: desnatados e com baixo teor de gordura, 1% ou 2% de leite, queijo, manteiga, iogurte, e assim por diante (sem sorvetee ou gelados, sem coberturas de cremes ou produtos de leite integral). Os produtos lácteos, na sua maior parte são classificadas como sendo neutros ou alcalinos na sua reacção, dependendo da fonte de referência. Não ingerir citrinos ou sumos de citrinos com produtos lácteos ou cereais na mesma refeição.
  • Manteiga - Manteiga normal é permitida, mas apenas ocasionalmente e de forma muito restritiva. (Mesmo sendo uma gordura saturada, um pouco de manteiga normal é melhor do que a margarina e outros produtos hidrogenados.)
  • Ovos - Dois a quatro por semana, preparada de forma alguma, excepto fritos.
  • Óleos - Canola, coco, milho, caroço de algodão, azeite, açafrão, sésamo, soja, girassol e ocasionalmente de amendoim. Uma colher de chá de azeite, três vezes por dia é sugerida para crianças, e uma colher de sopa três vezes por dia para adultos, a menos que haja um problema de vesícula biliar.
  • Chás - ​​Chá de casca de olmo em pó (de manhã) e açafrão amarelo americano (à noite), conforme indicado são os chás mais benéficos em casos de psoríase e eczema. (Camomila, chá verde, verbasco, chá de Oolong (china) ou chá de semente de melancia, por vezes, podem ser substitutos para o chá de açafrão amarelo americano.) Lembre-se, as mulheres grávidas ou aquelas a planear gravidez devem evitar tanto o ​​chá de casca de olmo em pó como o chá de açafrão.


Os alimentos a evitar
  • Quase todas as gorduras saturadas - carnes vermelhas (excepto o cordeiro), como carne bovina, carne de porco, pâncreas, de bovino; carnes processadas, como bolonha, pepperoni, salsichas, salame e salsicha; produtos hidrogenados como margarina e gordura. Evite gorduras trans, tanto quanto possível.
  • As solanáceas - Beringela, pimentão, pimenta (todos os tipos, excepto pimenta preta), tomate (e molhos de tomate e produtos), tabaco (fumo), batatas brancas (todas as batatas são consideradas "brancas", exceto a batata-doce e inhame).
  • Marisco - amêijoas, caranguejos, lagostas, camarão e molhos feitos com frutos do mar.
  • Comida lixo -. Doces e chocolates (e todos os produtos feitos com chocolate, incluindo o chocolate branco, batatas fritas, refrigerantes (dieta e regular). Estas comidas são uma das principais causas da psoríase e eczema em adultos, bem como em crianças.
  • Fermento - Ou alimentos levedados, se houver uma infecção subjacente por fungos (candidíase).
  • Café - Se fortemente desejado, um máximo de três xícaras por dia de café descafeinado preto podem ser consumidas. Lembre-se o café é um diurético, e se tomado com muita freqüência, esgota o cálcio do corpo, especialmente após os quarenta anos de idade. Por conseguinte, reponha o cálcio com um ou dois copos de leite desnatado ou por outros alimentos que forneçam cálcio num momento diferente do dia. É melhor não misturar leite ou açúcar no café.
  • Glúten - e produtos que contenham glúten, como cevada, aveia, centeio e trigo, se alergias ou doença celíaca é suspeita.
  • Diversos - Todos os alimentos fritos, pizza, bebidas alcoólicas (inclusive cerveja), cereais açucarados, vinagre (de vinho ou de grão), alimentos em conserva e defumados, especiarias quentes, molhos, morango, manteiga de amendoim, e demais amidos.
NotaEm todos os casos de artrite psoriática e eczema, evite frutas cítricas, sucos cítricos, morangos e adicionar sal aos alimentos. Adicionar sal aos alimentos, em geral, deve ser evitado. O sal (sódio) encontrado naturalmente na dieta diária é bastante adequado para a maioria das pessoas.

Também se pode recorrer ao complemento de produtos naturais com ingredientes adequados para reduzirem a inflamação das articulações e estabelecerem o equilíbrio natural do corpo.



terça-feira, 15 de abril de 2014

John Pagano's psoriatic diet

Natural healing of psoriasis, eczema and psoriatic arthritis

Approval by your personal physician is essential before embarking on this or any dietary program.

Avoid any food item that causes an allergic reaction, even if it is on the permitted list.


The 80 percent - 20 percent food ratio


Eighty percent of the daily food intake should be selected from the following list, most of which are alkaline (base) formers:
  • Water - six to eight glasses of pure water daily in addition to all other liquids consumed.
  • Lecithin - Granular - 1 tablespoon three times per day, five days per week.
  • Fruits - Fresh is preferred, frozen is permitted, packed in water in glass jar on occasion. Stewed fruits are highly recommended, whenever possible.
    • Allowed - Apples (cooked), apricots, most berries, cherries, dates, figs (unsulphured), grapefruit, grapes, kiwis, lemons, limes, mangoes, nectarines, oranges (a), papayas, peaches, pears, pineapples, and small prunes.
    • Permitted in less quantities - avocados, cranberries, currants, plums and large prunes. Note that raw apples, bananas and melons are permitted provided that are eaten alone and sparingly.
    • (a) No strawberries or citrus fruits are allowed in cases os eczema or arthritis, and no strawberries in cases of psoriasis.
  • Vegetables - Daily intake should be three that grow above the ground to one that grows below the ground. Fresh is preferred, frozen is permitted, packed in glass jars on occasion
    • Allowed - Asparagus, beets, broccoli, brussels sprouts, cabbage, carrots*, celery*, cucumbers, garlic*, lettuce*, (romaine in particular), onions*, olives, parsnips, pumpkin, scallions, soybeans, spinach*, sprouts*, string beans, squash, sweet potatoes, watercress* (Note: Those marked with an asterisk are particularly importante).
    • Permitted in lesser quantities - Corn (white corn is preferred), dried beans,lentils, mushrooms, peas and rhubarb.
  • Juices - Daily intake of freshly made vegetable and fruit juice is highly recommended. The most valuable kitchen appliance investment is a juicer or a blender. Most effective is one glass per day of freshly juiced carrots, celery and lettuce.
  • Miscellaneous - Almonds are alkaline in nature. Eating five raw almonds a day is suggested. Filberts are permitted occasionally as well as chestnuts and fresh coconut. Apple cider vinager (used sparingly) is the only type of vinager permitted.


Twenty percent of the daily food intake should be selected from the following, most of which are acid formers:
  • Grains - Most grains are acid formers (except millet) and should be consumed in the form of natural whole-grain products such as bagels, breads, cereals /with veru little, if any, perservatives or artificial sweeteners), muffins, pasta (Jerusalem artichoke is preferred, with olive oil and garlic sauce), rice (brown and / or wild is preferred) - no white flour products.

  • Meats
    • Fish - Fresh or frozen salt - or freshwater, white-fleshed varieties are permitted, but dark, oily is preferred (no shellfish). If canned, water or oil packed is permitted. Fish is suggested about three to four times per week.
    • Poultry - Chicken, cornish hen, turkey, wild fowl (all skinless, white meat is preferred). Poultry is permitted about two or three times per week.
    • Lamb - trimmed of all fat before cooking, well done, once or twice a week (never fried, and no more than 4 to 6 ounces, moreless 113g to 170g, at a serving).
  • Dairy - Only low-fat / low sodium products are permitted: skim, low-fat, 1% or 2% milk, cheese, buttermilk, yogurt, and so forth (no ice cream, cream toppings, or whole-milk products). Dairy products, for the most part are classified as being neutral or alkaline in their reaction , depending on the source of reference. Do not have citrus fruits or citrus juices with dairy products or cereals at the same meal.
  • Butter - Regular butter is permitted, but only occasionally and very sparingly. (Even though it is a saturated fat, a little butter is better than margarine and other hydrogenated products.)
  • Eggs - Two to four per week, prepared any way except fried.
  • Oils - Canola, coconut, corn, cottonseed, olive, safflower, sesame, soybean, sunflower, and occasionally peanut. One teaspoon of olive oil three times per day is suggested for children, and one tablespoon three times per day for adults, unless there is a gallbladder problem.
  • Teas - Slippery elm bark powder (in the morning) and american yellow saffron (in the evening) as directed are teas most beneficial in psoriasis and eczema cases. (Chamomile, green, mullein, oolong (china) or watermelon seed tea may be substitued at times for the americam yellow saffron tea.) Remember, pregnant women or those anticipating pregnancy should avoid both the slipperyelm and saffron teas.


Foods to avoid
  • Almost all saturated fats - Red meats (except lamb) such as beef, pork, sweetbreads, and veal; processed meats such as bolonha, pepperoni, frankfurters, salami and sausage; hydrogenated products such as margarine and shortening. Avoid trans fats as much as possible.
  • The nightshades - Eggplant, paprika, peppers (all types except black pepper), tomatoes (and tomato sauces and products), tobacco (smoking), white potatoes (all potatoes are considered "white" except sweet potatoes and yams).
  • Shellfish - Clams, crabs, lobster, shrimp and sauces made with shellfish.
  • Junk food - Candies and pastries, chocolate (and all products made with chocolate, including white chocolate, french fries and potato chips, soda (diet and regular) and sweets. These junk foods are a major cause of psoriasis and eczema in adults as well as in children.
  • Yeast - Or yeast-laden foods, if there is an underlying yeast infection (candidiasis).
  • Coffee - If strongly desired, a maximum of three cups per day of black decaffeinated coffee may be consumed. Remember coffee is a diuretic, and if taken too often, it depletes calcium from the body, especilly after age forty. Therefore, replace the calcium by having one or two cups of skim milk or other foods that supply calcium at a different time of the day. It is best not to mix milk or sugar in the coffee.
  • Gluten - And products containing gluten, such as barley, oats, rye and wheat, if allergies or celiac disease is suspected.
  • Miscellaneous - All fried foods, pizza, alcohol (including beer), sugary cereals, vinegar (wine or grain), pickled and smoked foods, hot spices, gravies, strawberries, peanut butter, and too many starches.


Note: In every case of psoriatic arthritis and eczema, avoid citrus fruits, citrus juices, strawberries and adding salt to foods. Added salt in general should be avoided. The salt (sodium) found naturally in the daily diet is quite adequate for most people.



Dieta psoriática de John Pagano's

Dieta alcalina

Cura natural da psoríase, eczema, artrite psoriática e emagrecimento saudável

A aprovação pelo seu médico pessoal é essencial antes de embarcar nesta ou em qualquer dieta alimentar.

Evite qualquer alimento que provoque uma reação alérgica, mesmo que esteja na lista de permitidos.


80 por cento / 20 por cento - rácio de alimentação

Oitenta por cento da ingestão diária de alimentos deve ser seleccionada da lista a seguir, a maioria dos quais são formadores alcalinos (base):
  • Água - de seis a oito copos de água pura por dia, além de todos os outros líquidos consumidos. 
  • Lecitina - Granular - 1 colher de sopa três vezes por dia, cinco dias por semana. 
  • Frutas - Frescas é o preferido, congeladas são permitidas ou embaladas em água em frasco de vidro na ocasião. Frutas cozidas são altamente recomendadas, sempre que possível.
  • Admitidas - Maçãs (cozidas), damascos, a maioria das bagas, cerejas, tâmaras, figos (sem enxofre), toranja, uvas, kiwis, limões, limas, manga, nectarinas, laranja (a), mamão, pêssegos, pêras, abacaxis, e pequenas ameixas.
  • Permitidas em menores quantidades - abacates, arandos vermelhos, passas, ameixas e grandes ameixas. Note-se que maçãs cruas, bananas e melões são permitidas desde que sejam comidas sós e com moderação.
  • (a) Não são permitidos morangos ou frutas cítricas em casos de eczema ou artrite, nem morangos em casos de psoríase.
  • Vegetais - O consumo diário deve ser de três que crescem acima do solo para um que cresce abaixo da terra. São preferíveis os frescos, congelados são permitidos ou embalado em frascos de vidro de vez em quando.
  • Admitidos - Espargos, beterraba, brócolos, couve de bruxelas, repolho, cenoura, aipo *, pepinos, alho *, alface *, (alface romana, em particular), cebola, azeitonas *, nabo, abóbora, cebolinha, soja, espinafre, couve *, feijão de vagem, abóbora, batata doce, agrião * (Nota: Os que estão marcados com um asterisco são particularmente importantes).
  • Permitido em menor quantidade - Milho (milho branco é o preferido), feijão, lentilhas, cogumelos, ervilhas e ruibarbo.
  • Sumos - A ingestão diária de vegetais preparados na hora e sumos de fruta é altamente recomendado. O investimento mais valioso num aparelho de cozinha é num espremedor ou liquidificador. Mais eficaz é um copo por dia de cenouras recentemente moídas, aipo e alface.
  • Diversos - As amêndoas são alcalinas na natureza. Sugere-se que se comam cinco amêndoas cruas por dia. As avelãs são permitidas ocasionalmente, bem como castanhas e coco fresco. O vinagre de cidra de maçã, usado com moderação, é o único tipo de vinagre permitido.

Vinte por cento da ingestão diária de alimentos deve ser selecionado a partir do seguinte, a maioria dos quais são formadores de ácido:
  • Grãos - A maioria dos grãos são formadores de ácidos (exceto milho) e deve ser consumido na forma de produtos naturais de grãos integrais, como pães, cereais (com poucos, ou nenhuns, conservantes ou adoçantes artificiais), bolos, massas (alcachofra de Jerusalém é a preferida, com azeite e molho de alho), arroz (o integral é o preferido e / ou o selvagem) - sem produtos de farinha branca.
  • Carnes
    • Peixes - de água salgada, fresco ou congelado - ou de água doce. São permitidas as variedades de polpa branca, mas escuro e o oleoso é o preferido (nada de mariscos). Se enlatados, são permitidos os embalados em água ou óleo (de preferência azeite). O peixe é sugerido cerca de três a quatro vezes por semana.
    • Aves - Frango, galinha caseira, peru, galinha selvagem (todos sem pele, carne branca é a preferida). Aves é permitida sobre duas ou três vezes por semana.
    • Cordeiro - Retirar toda a gordura antes de cozinhar, bem cozido, uma ou duas vezes por semana (nunca frito, e não mais de 4 a 6 onças, mais ou menos 113g a 170g, numa refeição).
  • Lacticínios - Só produtos com baixo teor de gordura e baixo teor de sódio  baixo são permitidos: desnatados e com baixo teor de gordura, 1% ou 2% de leite, queijo, manteiga, iogurte, e assim por diante (sem sorvetee ou gelados, sem coberturas de cremes ou produtos de leite integral). Os produtos lácteos, na sua maior parte são classificadas como sendo neutros ou alcalinos na sua reacção, dependendo da fonte de referência. Não ingerir citrinos ou sumos de citrinos com produtos lácteos ou cereais na mesma refeição.
  • Manteiga - Manteiga normal é permitida, mas apenas ocasionalmente e de forma muito restritiva. (Mesmo sendo uma gordura saturada, um pouco de manteiga normal é melhor do que a margarina e outros produtos hidrogenados.)
  • Ovos - Dois a quatro por semana, preparada de forma alguma, excepto fritos.
  • Óleos - Canola, coco, milho, caroço de algodão, azeite, açafrão, sésamo, soja, girassol e ocasionalmente de amendoim. Uma colher de chá de azeite, três vezes por dia é sugerida para crianças, e uma colher de sopa três vezes por dia para adultos, a menos que haja um problema de vesícula biliar.
  • Chás - ​​Chá de casca de olmo em pó (de manhã) e açafrão amarelo americano (à noite), conforme indicado são os chás mais benéficos em casos de psoríase e eczema. (Camomila, chá verde, verbasco, chá de Oolong (china) ou chá de semente de melancia, por vezes, podem ser substitutos para o chá de açafrão amarelo americano.) Lembre-se, as mulheres grávidas ou aquelas a planear gravidez devem evitar tanto o ​​chá de casca de olmo em pó como o chá de açafrão.


Os alimentos a evitar
  • Quase todas as gorduras saturadas - carnes vermelhas (excepto o cordeiro), como carne bovina, carne de porco, pâncreas, de bovino; carnes processadas, como bolonha, pepperoni, salsichas, salame e salsicha; produtos hidrogenados como margarina e gordura. Evite gorduras trans, tanto quanto possível.
  • As solanáceas - Beringela, pimentão, pimenta (todos os tipos, excepto pimenta preta), tomate (e molhos de tomate e produtos), tabaco (fumo), batatas brancas (todas as batatas são consideradas "brancas", exceto a batata-doce e inhame).
  • Marisco - amêijoas, caranguejos, lagostas, camarão e molhos feitos com frutos do mar.
  • Comida lixo -. Doces e chocolates (e todos os produtos feitos com chocolate, incluindo o chocolate branco, batatas fritas, refrigerantes (dieta e regular). Estas comidas são uma das principais causas da psoríase e eczema em adultos, bem como em crianças.
  • Fermento - Ou alimentos levedados, se houver uma infecção subjacente por fungos (candidíase).
  • Café - Se fortemente desejado, um máximo de três xícaras por dia de café descafeinado preto podem ser consumidas. Lembre-se o café é um diurético, e se tomado com muita freqüência, esgota o cálcio do corpo, especialmente após os quarenta anos de idade. Por conseguinte, reponha o cálcio com um ou dois copos de leite desnatado ou por outros alimentos que forneçam cálcio num momento diferente do dia. É melhor não misturar leite ou açúcar no café.
  • Glúten - e produtos que contenham glúten, como cevada, aveia, centeio e trigo, se alergias ou doença celíaca é suspeita.
  • Diversos - Todos os alimentos fritos, pizza, bebidas alcoólicas (inclusive cerveja), cereais açucarados, vinagre (de vinho ou de grão), alimentos em conserva e defumados, especiarias quentes, molhos, morango, manteiga de amendoim, e demais amidos.
Nota: Em todos os casos de artrite psoriática e eczema, evite frutas cítricas, sucos cítricos, morangos e adicionar sal aos alimentos. Adicionar sal aos alimentos, em geral, deve ser evitado. O sal (sódio) encontrado naturalmente na dieta diária é bastante adequado para a maioria das pessoas.


segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Livros sobre artrite psoriática

Livros interessantes sobre psoríase, artrite psoriática, fibromialgia e doenças inflamatórias que se podem comprar na Amazon:

Psoriasis and Psoriatic Arthritis: An Integrated Approach [Illustrated] [Hardcover]
Kenneth B. Gordon , Eric M. Ruderman

Healing Psoriasis: The Natural Alternative [Paperback]
John O. A. Pagano DC (Author), Harry K. Panjwani MD PhD (Foreword)

The Anti-Inflammation Diet and Recipe Book: Protect Yourself and Your Family from Heart Disease, Arthritis, Diabetes, Allergies - and More [Paperback]
Jessica K. Black (Author)

The Complete Idiot's Guide to the Anti-Inflammation Diet [Paperback]
M.D., Christopher P. Cannon (Author), Elizabeth Vierck (Author)

New Arthritis Cure: Eliminate Arthritis and Fibromyalgia Pain Permanently [Paperback]
Bruce Fife

Diet And Arthritis: A comprehensive guide to controlling arthritis through diet [Paperback]
Gail & Linda Darlington & Gamlin

Natural Treatments For Psoriasis And Psoriatic Arthritis - "Get Rid Of Your Awful Pain - Without Drugs! [Kindle Edition]
an-cheng yu

domingo, 22 de janeiro de 2012

A blog about psoriatic arthritis

(em português)

My name is Alfredo Simões and I am a person affected by psoriatic arthritis.

I decided to create this blog with the aim of enabling people affected by the disease may voluntarily disclose or make available experiences or related sources of information that can assist and facilitate the way of life of patients.

This blog is open to people who want to tell their experiences of living with the disease, the people who are aware of cases of family or friends and also people who can help in any way to minimize the suffering associated with this chronic disease, including medical professionals.

The information contained in the blog should not be used as an alternative to any diagnosis, advice or prescription of medical specialists, or not, in this area of medicine, whether it be of any nature. This blog serves simply as a place to share information so responsability can not be relied upon to the creator of the blog or anyone participating in it.

All posts added to this blog will be moderated by its creator to ensure the absence of inappropriate texts or outside its scope.

For you who just visit this blog, we invite you to participate now. Thank you.

Um blogue sobre artrite psoriática

(in english)

Chamo-me Alfredo Simões e sou uma pessoa afectada pela Artrite Psoriática.

Decidi criar este blog com o objectivo de permitir que pessoas afectadas pela doença possam divulgar voluntariamente experiências vividas ou disponibilizar fontes de informação relacionadas que possam ajudar e facilitar o modo de vida dos doentes.

Este blog está aberto a pessoas que queiram contar as suas experiências de convivência com a doença, a pessoas que tenham conhecimento de casos de familiares ou amigos também afectados e a pessoas que de qualquer modo possam ajudar a minimizar o sofrimento associado a esta doença crónica, incluindo profissionais de medicina.

As informações contidas no blog não devem ser usadas em alternativa a qualquer diagnóstico, aconselhamento ou prescrição de médicos especialistas, ou não, nesta área da medicina, seja ela de que natureza for. Este blog serve simplesmente como local de partilha de informação pelo que não poderá ser imputada qualquer responsabilidade ao criador do blog nem aos participantes no mesmo.

Todas as mensagens adicionadas a este blog serão moderadas pelo seu criador de modo a garantir a ausência de textos impróprios ou fora do seu âmbito.

Para si que acabou de visitar este blog, convidamo-lo desde já a participar. Obrigado.